Números da cachaça

A importância do mercado da Cachaça no Brasil e no Mundo

Em relação as exportações, no ano de 2018, a Cachaça foi exportada para 77 países, com mais de 50 empresas exportadoras, gerando receita de US$ 15,61 milhões (8,41 milhões de litros). Esses números representam um decréscimo de 1,24% em valor e de 3,80% em volume, em comparação a 2017. Em 2018, os principais países de destino em valor foram: Estados Unidos, Alemanha, Paraguai, Portugal e Itália.

grafico01-cachaca2018
grafico01-cachaca2018

Em 2017, os principais países de destino em volume foram: Paraguai, Alemanha, Estados Unidos, França e Portugal.

grafico0e-cachaca2018
grafico04-cachaca2018

No que tange as exportações por Estado, em 2018, os cinco principais estados exportadores em termos de valores foram: São Paulo,  Pernambuco, Rio de Janeiro, Paraná e Ceará.

grafico05-cachaca2018

Em quantidade exportada, os cinco principais estados exportadores foram: São Paulo, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro e Ceará.

grafico06-cachaca2018

Informações da Cachaça

  • 30.000 produtores no Brasil
  • 98% de pequenos e micro-empresários
  • 600 mil empregos diretos e indiretos
  • 11,5 litros de consumo de cachaça por ano por habitante
  • 7,5  bilhões de reais de movimento anual em sua cadeia produtiva
  • 4.000 marcas de cachaça disputam mercado no Brasil
  • Exporta cerca de 1% de sua produção anual
  • 50% das Exportações é de cachaça a granel
  • 70% da produção brasileira é de cachaça de coluna ou industrial e 30% de cachaça de alambique
  • Mercado informal: ainda elevado em algumas regiões o que elevaria a nossa produção para algo em torno de 2 bilhões de litros/ano
  • 3º Destilado mais consumido no mundo
  • 87% do market share dos mercado de destilados no Brasil
  • Bebida nacional do Brasil por Decreto Federal
  • Patrimônio Cultural de Minas Gerais por Lei Estadual
  • Patrimônio Histórico e Cultural do Rio de Janeiro por Lei
  • 70% do consumo de cachaça é realizado em bares e restaurantes e 30% nos demais pontos de vendas
  • Produto que mais tem “a cara brasileira”, segundo pesquisa do Centro de Indústrias de São Paulo
  • Única bebida, na atualidade, capaz de ter um boom no mercado internacional

Fonte: CBRC- Centro Brasileiro de Referência da Cachaça. Dados 2019